terça-feira, 29 de maio de 2012

fearless



And I don't know how it gets better than this
You take my hand and drag me headfirst, fearless...


Dia 29 de maio de 2010: o dia que mudou a minha vida, minhas prioridades, meus conceitos e pensamentos. O dia em que bastou um olhar para eu ter certeza do meu desejo. O dia em que apesar de toda a vergonha do mundo deu certo. O dia que eu não canso de reviver cada detalhe. O dia que meu sonho se tornou realidade.
Um primeiro olhar para que o amor à primeira conversa se concretizasse. Não foi necessária palavra alguma para que nos entendêssemos. Uma piscada não correspondida, as inevitáveis trocas de olhares, então aquela foi a noite em que dei boas vindas ao amor da minha vida.
Dois anos se passaram e eu não tenho mais nada a dizer a não ser que eu ainda sinto como se estivesse sonhando, e continuo na esperança de não acordar. Você é tudo o que eu sempre sonhei, em todos os pequenos detalhes. Você nem se esforça para fazer com que eu me apaixone todos os dias, mas cada dia esse sentimento cresce mais e mais dentro do meu peito.
Você é aquele que me acalma e que me faz sorrir quando eu quero chorar. Você é aquele que  diz tudo o que eu preciso ouvir. Você é aquele que faz parte dos meus dias. Você é aquele que faz meus fins de semana valerem a pena. Você é aquele que me ajuda e realiza todos os meus desejos. Você é aquele que me ama e prova isso ao olhar nos meus sonhos. Você é aquele que faz o tempo parar quando estou ao seu lado. Você é aquele que me faz esquecer do resto do mundo.
É, meu amor, você me faz feliz e isso é tudo o que eu preciso. A certeza de que nunca estarei sozinha é o que me faz tão bem. Você é e sempre será o meu menino do incondicional, porque por você e só por você I'm fearless...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

a garota da porta vermelha



Existirão vários momentos na sua vida em que você sentirá medo. Tudo bem em ter medo, mas se não fizer nada para superá-lo, você pode acabar perdendo coisas muito boas. 
Nathan Scott.

Olhar para trás sem mágoas nem arrependimentos, não é a melhor forma de encarar o que passou? Pensar no passado com todos os seus bons momentos, passando por cima dos que não foram tão bons assim... Dar atenção para o que realmente importou, para o que fez valer a pena e deixar pra lá todo esse orgulho que nos machuca cada dia mais.
Pode parecer besteira tudo o que aconteceu, e realmente foi. Mas quem se importa? Eu não me importo... Não a ponto de jogar tantos momentos bons no lixo por causa de uma noite que não saiu como o planejado. Tudo o que passou não será esquecido, tudo o que passou ainda me faz sorrir. Aqui dentro sempre irei me lembrar de todos os segredos que dividimos.
A verdade é que às vezes sinto falta do tempo que passou e não volta mais. Tanta coisa boa que nos compartilhamos, tantas piadas e risadas que só a gente entende, tantos códigos e apelidos que inventamos e já esquecemos, tantas músicas que significavam muito mais do que pareciam... 
As coisas mudam e hoje nada é como um dia foi. Não somos mais meninas do colégio. Eu só nunca imaginei que isso fosse mudar alguma coisa. Nesse tempo todo, aprendemos muito, ensinamos muito e, principalmente, vivemos muito. Tudo o que eu desejo é que você também se lembre de mim por tudo o que passamos juntas. Que não se esqueça de todo o meu cuidado e que cuide de si mesmo. Que não deixe essa nova fase da nossa vida apagar o que veio antes.
Não importa aonde a gente esteja ou quaisquer que seja o rumo que nossa vida levará, se um dia compartilhamos um sorriso você simplesmente não pode deixar ele se apagar. Eu sinto falta daquela que eu chamava de amiga. Hoje já não sei mais em quem confiar... Porque a garota da porta vermelha só existe na nossa imaginação.

domingo, 13 de maio de 2012

Não me entrego, não me apego e não me importo. Fico com as pessoas tempo suficiente para conhecê-las, sem acreditar demais e sem esperar nada. Apenas vivo o momento como se ele fosse o último, afinal, um dia será mesmo. Nada é para sempre, as pessoas não te amarão eternamente e não pensarão duas vezes em te dar as costas. E ainda querem que eu me entregue?

skyscraper



Skies are crying, I am watching
Catching teardrops in my hands
Only silence as it's ending
Like we never had a chance

O que fazer quando seus olhos transbordam sem você nem saber o porquê aquilo está acontecendo? O que fazer quando você tenta , mas não consegue controlar as lágrimas que cismam em cair, seguindo a lei da gravidade? Se perguntar o motivo e simplesmente não ver nada ruim o suficiente que possa ter te deixado naquele estado. Assustar a si mesmo e as pessoas ao seu redor. Brigar consigo mesmo para se manter firme e forte com um sorriso no rosto.
Abri uma ferida no meu peito que já havia cicatrizado ou pelo menos parecia estar... Uma ferida que eu havia deixado no passado, trazendo comigo apenas as coisas boas para conseguir seguir em frente. Uma ferida que se abriu, em uma noite como qualquer outra depois de sonhos, pensamentos e cartas. Mas me mantive forte, sem chorar, sem sofrer enquanto a dor se apossava do meu ser. E toda essa dor ficou alojadinha dentro de mim, silenciosa e indolor, apenas esperando uma pequena faísca para explodir.
A dor explodiu, sem que eu pudesse controlar, sem que eu pudesse perceber o que estava acontecendo. Eu me tornei a pessoa mais emotiva da face da terra, literalmente, da noite para o dia. Qualquer detalhe que me desagradasse, fazia com que minha lágrimas saíssem sem pedir passagem. Eu me senti sozinha, numa solidão intensa, fiquei carente, precisava de carinho urgentemente. Precisava me lembrar o motivo que cicatrizou minha ferida, e só uma pessoa poderia fazer isso.
Lembrar de dois anos atrás, os piores momentos da minha vida logo seguidos dos melhores. Talvez eu só não tivesse notado como tudo aconteceu. Tanta saudade, tanto amor, tantos sentimentos. Nessa noite, num momento de lucidez, tudo fez sentido. O que me feriu e o que me curou, agora eu tenho certeza. E tudo que eu queria era um sorriso no rosto e um abraço que me provasse que tudo iria ficar bem...
Hoje eu sei, tudo vai ficar bem.

terça-feira, 8 de maio de 2012



-I brought this note back from the future and now it's erased. 
-Of course it's erased! It means your future hasn't been written yet. No one's has. Your future is whatever you make it. So make it a good one, both of you. 
-We will, Doc.

Back to the future Part III

sábado, 5 de maio de 2012

with you


He'd never tell you, but he can play guitar
I think he can see through everything but my heart
First thought when I wake up is my God, he's beautiful
So I put on my make-up and pray for a miracle...


Meus ciúmes já não me incomodam tanto quanto costumavam incomodar e também não deixo que incomode aos outros. Um pouco de auto-controle faz muito bem. Basta pensar um pouco e perceber que os motivos de ter ciúme normalmente são banais demais. Sentir ciúme é bom, é saudável para qualquer relação... Faz "aquele que causou o ciúme" se sentir desejado e amado também. E apesar do sentimento dar um aperto no peito, ele não é de todo mal.
Além de que, se o ciúme não fosse um sentimento notável não faria parte de grandes histórias. Não haveriam Bentinhos ou Capitus, não haveriam eu e você. A verdade é que por trás de todo esse ciúme que enlouquece o mundo, existem grandes amores, grandes paixões que são a verdadeira razão desse mundo existir.