segunda-feira, 29 de novembro de 2010

6 months


You're the direction I follow to get home
When I feel like I can't go on, you tell me to go
And it's like I can't feel a thing without you around
And don't mind me if I get weak in the knees
Cause you have that effect on me. You do!

Pensar na minha vida há 6 meses atrás é no mínimo engraçado. Posso me ver como se fosse ontem... Eu toda confusa sem saber o que pensar, o que sentir, fingindo não sentir nada e escondendo o que estava sentindo até de mim mesma. Eu tinha medo mas fingi não ter, quis ser corajosa e deixar acontecer.
Mas em certos momentos da vida, quanto mais tentamos esconder mais estampamos na nossa cara o que acontece. É, hoje eu tenho um pouco de vergonha por isso apesar de tudo ter dado certo, diferente de todas as outras chances da minha vida. Acho que não faria nada diferente. Foi tudo como tinha que ser. E não consigo mais me ver sem aquela noite há 6 meses...
Não sei o que seria de mim se ela nunca tivesse acontecido, como seria sem aqueles primeiros olhares e aquele primeiro abraço? Não consigo nem imaginar como seria se não tivéssemos nos conhecido...
Obrigada, meu amor, por esses 6 meses perfeitos!

Eu te amo muito ♥

terça-feira, 23 de novembro de 2010

who i am



Dê uma olhada em você no espelho.
Quem você vê te olhando?
É a pessoa que você quer ser?
Ou é alguém que você queria ser?
A pessoa que você deveria ser, mas acabou não sendo?
É alguém dizendo a você que você não pode ou não quer?
Porque você pode.
Acredite que o amor está por aí.
Acredtie que sonhos se realizam todos os dias.
Porque eles se realizam.
Às vezes, a felicidade não vem do dinheiro, da fama ou do poder.
Às vezes, a felicidade vem dos bons amigos e da família
E da tranquila nobreza de se guiar uma boa vida
Acredite que os sonhos se realizam todos os dias.
Porque eles se realizam.
Então dê uma olhada nesse espelho me lembre-se de ser feliz, porque você merece ser.
Acredite nisso.
E acredite que os sonhos se realizam todos os dias.
Porque eles se realizam.

domingo, 14 de novembro de 2010

ANJO MEU



Ter medo é tão relativo, temos medo até que aconteça:
Conheci uma menina que sempre teve muito medo da morte
Hoje ela não se importa mais, tem alguém a esperando do outro lado.
Sabe que estará segura, encontrará seu anjo...

Que anjos existem eu sempre soube...
Só demorei um pouco a ver que você era o meu.
Alguns dizem que os amigos são nossos anjos,
Concordo que sim, apesar de ter amigos que não têm nada de angelicais...

Com você fui mais amiga que eu já soube ser em toda a minha vida
Ajudei sem perceber, apoiei e te dei forças para viver...
Aprendi o verdadeiro significado da palavra amizade:
Estar ali para tudo, e esse tudo inclui muito mais do que festas e diversões.

A vida nos ensina tudo, só não aprendeu a curar a saudade
Saudade é o amor que fica... O amor é eterno!
A vida me ensinou a amar verdadeiramente, amar como anjos,
Hoje eu sinto saudades...

Às vezes a vida tenta direcionar esse amor,
Tenta te trazer para os meus sonhos.
Ela me faz acordar a menina mais feliz de todas...
Por me lembrar o quão eterna essa amizade é!

Devo a ela meus agradecimentos,
Poder ver meu anjo faz bem.
Mas o tempo ainda passa devagar
E a saudade continua em meu peito...

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

eu adoro voar *-*




Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

do you think we'll still be friends ten years from now?

Quando eu gritei, ninguém me ouviu
Tentei fugir, ninguém me viu
Correndo pro céu
Quem vai se importar?
Me dá a mão e vem comigo!
Apague a luz e vem comigo!
Correr pelo céu nas estrelas tocar!
Vai ser bem melhor...


Engraçado como às vezes todas as pessoas em quem você sempre confiou somem, como se você fosse a pior pessoa do mundo que merecesse ser condenada. E então, mesmo tendo muitas pessoas ao seu redor você se sente só. A solidão vem acompanhada de uma multidão, todos os milhões de sentimentos que existem dentro de si começam a falar, cada um por si só, procurando de alguma forma fazer com que essa solidão não te derrube ou, em outros casos, a tornando mais dolorosa.
Nem todos me abandonaram, apesar de por alguns momentos eu ter me sentido sozinha. Tive pessoas que estiveram e estarão sempre do meu lado. Bom saber em quem eu posso confiar e quem estará comigo apesar dos apesares. Eu posso ser chata, ter um milhão de defeitos e ter momentos onde é difícil até pra eu mesma me aguentar. Mas eu também sou carente, carinhosa e preciso das pessoas que eu amo ao meu redor.
Pode ser que daqui a dez anos não sejamos mais amigos, mas a minha única certeza é que é impossível esquecer quem te apoiou e te ajudou. Por todos esses momentos, todos esses amigos que um dia estiveram do meu lado. Amizades podem até acabar, mas o sentimento de querer bem é eterno.
Se um dia nos separarmos, saiba que sempre me pegarei pensando em você e em todos os bons momentos que vivemos juntos. EU TE AMO!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

LOVE STORY




Months are going strong now, and no goodbye
Unconditional, unoriginal, always by my side
Meant to be together, made for no one but each other
You love me, I love you harder, so
Everything you say
Everytime we kiss I can't think straight
But I'm ok
And I can't think of anybody else
Who I hate to miss as much as I hate missing you


Era uma vez uma menina, ela era dotada de muita inteligência, era linda, extrovertida e muito fofa.Ela estava cansada de ter um coração partido e só queria um alguém que consertasse todo mal causado por um menino muito feio.
Do outro lado da cidade, morava um menino muito divertido que sempre gostava de usar bordões com seus amigos.Ele era um galanteador, mas no fundo só queria encontrar A menina.Caio tinha uma amiga muito especial,fofa, linda e maravilhosa (ok, prometo parar) o nome dela era Carla.
Carla estava realmente preocupada com a sua amiguinha, Mari.E sim,caro leitor, ela é a menina dotada de uma inteligência além do normal que possuia um coração despedaçado.Caah, como era conhecida, resolveu colocar esses dois amiguinhos em uma conversa de msn, por acaso e por um objetivo ridículo que nem vale a pena comentar (só meus lindinhos entendem).Dessa conversa, surgiram outras e outras e assim, um era essencial na vida do outro.
Apesar de se gostarem, eles tinham receio de se conhecer, mas Carla como sempre,resolveu dar um ponto final nesse medo sem sentido.Chamou os dois para comemorar o seu lindo aniversário e assim se conheceram e foi amor a primeira vista. (é clichê, mas é verdade *-*)
A vida dos dois agora estava completa: Mariana, teve seu coração de volta e Caito percebeu que encontrara A menina de sua vida.E ainda tinha Carla a cupida intrometida na vida dessas duas pessoinhas.



HIHIHI o post de hoje ta uma droga, porque eu tou com pressa.Mas ele é especial, por ser um post comemorativo, já que hoje completam-se 4 meses que essas pessoinhas estão juntas *-----*
Parabéns meus amoreeees, amo muuuuuuito vocês e que vocês fiquem juntos pela eternidade...
ps: não esqueçam de me chamar pra ser madrinha (:

terça-feira, 2 de novembro de 2010